Acessibilidade: A+ A() A-

 Notícias

Centelha Amapá: participantes são capacitados para segunda fase do processo seletivo de financiamento

Aconteceu nesta terça-feira, 10, no auditório da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), o workshop do Programa Centelha Amapá que orientou os participantes sobre a segunda fase do processo de seleção para o financiamento. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio.

Nesta etapa, os proponentes dos projetos devem elaborar e cadastrar no portal do programa seus planos de negócio. Isso servirá como critério de classificação para a terceira e última etapa, que tem o objetivo de verificar se a ideia é inovadora e traz benefícios para a região e o seu potencial de mercado.

A segunda fase segue até o dia 20 de março, sendo que, ao final, 100 projetos passarão para a terceira e última fase do processo.

O Programa Centelha busca estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, assim como disseminar a cultura do empreendedorismo inovador no Amapá, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais.

Segundo a diretora presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap), Mary Guedes, existe a possibilidade do acréscimo de uma bolsa para os projetos que chegarem à fase final.

“O CNPq mostrou interesse em conceder apoio para financiar os projetos aprovados no Centelha Amapá, os quais receberão o valor de até R$ 1500, cada. O Estado entraria com uma pequena contrapartida. Isso será confirmado nos próximos dias”, informou a diretora-presidente da Fapeap.

O Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada no Amapá pela Fapeap.

Lançado em 26 de junho de 2019, o Centelha recebeu 179 inscrições, das quais 156 passaram pela pré-avaliação e participam do certame. Pessoas de 6 diferentes municípios do estado estão concorrendo.

A maioria dos proponentes está na faixa etária entre 31 e 40 anos, seguido pelos jovens, de 18 a 24 anos. 34% das propostas são na área de tecnologia social, seguida por tecnologia da informação e telecomunicações, com 14,4% e, automação, com 10%.

Ao final, 15 projetos de empreendimentos inovadores receberão R$ 53 mil. Mais informações podem ser acessadas em: www.programacentelha.com.br/ap.

 
GALERIA DE FOTOS

FAPEAP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá
Centro de Incubação de Empresas, Ramal da Unifap,KM 02 da Rodovia JK
Bairro:Marco Zero - CEP:68903-329
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2020 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amapá